domingo, 28 de fevereiro de 2010

Ciranda "FALAM AS MÃOS!" - Naida Terra & Amigos


01 - FALAM AS MÃOS
Naida Terra

Tão sublime quanto um olhar
é o toque das mãos que com
suavidade toca e acalenta...
As mãos,
são como asas de andorinhas que
infinitamente doam proteção e calor...
Indicam, sugerem, alimentam
e falam aos surdos com exatidão...
As mãos,
plantam, colhem e tudo sentem
refletindo em gestos este sentir...
As mãos,
são lanternas e ferramentas
que alimentadas e inspiradas pelos anjos
socorrem e cavam fendas em pontes
criadas por sonhos esquecidos
para que não haja endurecimento,
evitando assim, as grandes quedas...
Falam as mãos,
quando frias, trêmulas e suadas...
Quando se fecham e agridem...
Quando recuam e se escondem...
Falam as mãos,
quando já cansadas, só lhes restam
a súplica...
*******

02 - SACRIFÍCIO DE AMOR
Odir, de passagem

Eis o meu coração exposto ao corte
pela espada do amor, sem mais desejo
que me entregar à morte por um beijo,
que por um beijo me entregar à morte.

Que a dor do corte faça-se mais forte,
que seja o corte mais fatal que vejo,
que me conforte, ao rosto, o lacrimejo
que o lacrimejo o rosto me conforte...

Em seu corte final, que a fria espada,
manejada por musas ou por fada,
com incisões cruéis e vingativas,

mortifique a minh'alma apaixonada,
vitimada por ti, ó minha amada,
sacrificando o amor para que vivas!

*****

03 - MÃOS
Ary Franco

Mãos que afagam, agridem ou cumprimentam,
As mesmas que trabalham, que nos alimentam.
Quando juntas e espalmadas, erguem súplicas a Deus.
Se abanadas, acompanhadas de lágrimas, dizem adeus

Punhos fechados, indignação incontida,
Choram a perda de um ente amado, querido.
Elas próprias, quantas vezes fecharam a ferida
Luta insana, gloriosa, mas tempo perdido
*****

04 - Nossas mãos
Cibele Carvalho

Tuas mãos... como são belas...
gosto de olhar pra elas.
São sábias, inteligentes
e transportam pro papel
tudo aquilo que tu sentes
e saem da tua alma
como se fossem presentes.
Têm os movimentos firmes
mas ao mesmo tempo ternos
- as carícias que executam
criam momentos eternos.
Minhas mãos são maravilhas,
estou certa disso, sim
- com elas toco as canções
que o Roberto não fez pra mim,
como se não fosse assim.
Se minha alma transborda
de emoção ou alegria,
é com elas que registro
toda a minha poesia.
Com elas busco teu corpo
na hora boa do amor
e com elas dou conforto
aos teus momentos de dor.
Nossas mãos, obra perfeita
de um perfeito criador
que ao criá-las, pensou:
eis a expressão do amor.
*******

05 - TUAS MÃOS
Efigênia Mallemont

Suas mãos deslizam no meu corpo
com brios impressionantes,
alvas e leves - porque amantes,
teus dedos esguios me arrebatam
por duas vidas em dois fios
nos deltas de dois rios.

Que tuas mãos, sutis gaivotas,
dancem no meu corpo as lindas
notas de magia num coro de cotovias,
ou som de véus e de sentidos,
até chegar aos espaços mais queridos!!!

Sorriso é tudo o que me abunda
ao aninhar-me junta, e em ti escudo;
cada manhã te beijo fundo
e me deixo beijar na boca funda.

Prolonga assim o espaço no teu corpo
enquanto esponja absorta, o deixo morto.
*****

06 - Tuas mãos...
Ciducha

De todas as saudades
é ela que mais me açoita:
- a saudade das tuas mãos!

Do teu afago amante, inebriante
amenizando minhas vontades!
O toque dela, impura, atrevida
suavemente como a pluma...

Ah! Tuas mãos... onde estarão?
Desejo tanto o carinho
feito por elas no meu corpo
deslizando de mansinho
bem devagarinho...

Levando-me a viajar
pelos momentos tantos que passamos,
as tuas mãos nas minhas, nos amando
fazendo desses momentos
secretos nossos, para sempre!

Que saudade!...
*****

07 - TOQUE DE MÃOS
José Ernesto Ferraresso

Carícias, afagos, toques,
Mãos que acariciam,um contacto,
Às vezes macias e aveludadas,

Em um só toque consigo descobrir,
Num só gesto eu posso sentir,
Nelas posso carregar a calma,
Como posso também com elas agir.

Em um só toque posso demonstrar o amor,
A paixão, a volúpia, e também a emoção,
Essas mesmas mãos que afagam e acariciam,
Conseguem machucar até mesmo um coração.
*****
09 - Falam as mãos
Ana Bela

08 - Falam caladas
de abraços, carinhos
mãos que amam
que se apertam num abraço
que se prolonga num braço.
Falam as mãos, ao acariciar,
na ternura do amar, na saudade do adeus,
no sorriso do regresso.
Falam as mãos
no silêncio da noite
quando as prolongo em estrelas
quando com elas avisto o mar.
*****
09 - FALAM AS MÃOS...
Luiz Gonzaga Bezerra

Na concepção do amor
Na semeadura da esperança
Na colheita das flores...
Falam as mãos
Nas dádivas e emoções
Nos carinhos entre almas
Nos beijos de paixão.
Falam as mãos
Na ternura das caricias
Nos confrontos entre nações
Nas lutas serena pela vida.
Falam as mãos...
Na fabricação das armas
No plantio da semente e colheita
No amor entre almas perfeitas.
*****
10 - A mão
Ana Maria Pupato

A mão pode ser aquela que afaga,
que traz carinho,
que traz consolo,
desperta o amor,
doa paz,
alisa um cabelo,
afaga um rosto,
dá a mão a outra mão
que juntas formam a união,
que mostra um caminho.

A mão pode se aquela que espanca,
que deixa marcas no corpo,
que deixa cicatrizes no coração,
nega perdão,
diz adeus,
semeia discórdia,
faz menção e não cria,
larga a outra na necessidade,
que cria a desunião,
que à vida diz não.
*****

11- MÃOS
Muriel Elisa Távora Niess Pokk

Mãos, complemento importante
do nosso corpo.
Mas, que são sempre tão esquecidas,
apesar de serem tão especiais.
Mãos fortes,
que erguem uma nação;
Mãos ágeis,
que com pinceladas criam telas de arte;
Mãos corajosas,
que apagam incêndios;
Mãos assassinas,
que matam se piedade;
Mãos hábeis,
que salvam vidas numa mesa de cirurgias;
Mãos que repudiando, escrevem:
Não te quero mais.
Mãos que demonstram amor ao escreverem,
Eu te Amo;
Mãos que num gesto de desprezo,
desvencilham-se brutalmente,
de outras mãos;
Mãos calejadas do trabalho pesado,
Que com delicadeza sabem afagar;
Mãos frias,
que transmitem indiferença;
Mãos quentes,
cheias de calor humano.
Entre tantas mãos, encontro as tuas.
Elas nunca se cansam de escrever
o quanto me amas.
Elas são muito especiais,
sabem percorrer meu corpo,
acariciar minha pele nua,
sem nenhum pudor;
Sabem buscar o meu prazer,
realizando todas as minhas fantasias.
Mãos que se prendem às minhas
No auge do amor intenso.
Mãos que ajeitam meus cabelos
e enxugam meu rosto, suado de prazer.
Mãos que nunca respondem
ao meu aceno...
elas sabem que em breve tornaram
a se encontrar com as minhas mãos.
*****

12 - Falam as mãos
Maria da Gloria da Paixão Lazaroni

Falam minhas mãos, cada dia da minha vida,
De coisas simples, mas, bendita, bem vivida,
Do esforço, para na vida sustentar.

Aqueles que eu amo,
Que recebi nesta investida,
Para cuidar, tocar, amparar!

Fala minhas mãos, do trabalho árduo,
De quarenta anos no malho,
Da luta, diária do lavar, passar, cozinhar!

Deus!Falam minhas mãos, unidas, postas,
Voltadas ao céu de Teu infinito amor,
Rogando bênçãos para a família, para a humanidade,
Com garra e profundo destemor.

Falam estas mãos tão simples, que descrevo agora,
Da felicidade de não ter deixado de fora,
A chance de acariciar.

Falam estas mãos deformadas pela artrose.
Da alegria que neste momento me acode,
De ter podido muito, trabalhar!!!
*****
13 - Cabe nas mãos
Clara Arruda

Um pequeno gesto de bondade
Tão pouco é preciso para devolver esperança.
Carinho, um afago e solidariedade.
Ver um sorriso de quem já foi criança.

Anjo de luz quis o destino deixar nesse mundo,
Sem movimentos no corpo. Alegria aparente.
Mente que não grava as maldades oriundas,
De quem pra muitos não consegue ser gente.

Cabe nas mãos de pessoas sensíveis
Dividirem um pouquinho do que não lhe fez falta,
Doar o que pra muitos é perecível
Pra quem necessita, esse detalhe mata.

Nas mãos estão tantos significados.
Algumas recusas, afagos e esperanças.
Juntas em preces são orações poderosas,
Devolvem a magia de voltar a ser criança.

Pudesse eu, ter as mãos sempre cheias.
Tempo suficiente para todos abraçar,
Faria de cada dor uma pequena centelha
Não mais permitiria uma criança chorar.
*****

14 - MÃOS
Marcial Salaverry

Encontram-se
Amigas
Apertam-se
Amor transmitem
Afagam
Acariciam
Passeiam
Amantes
Buscam
Carinho

15 - Nossas mãos unidas
Marcos Toledo

Tuas mãos, junto às minhas, suavam.
Rimos, falamos e nos sentimos por elas.
As minhas , secas, secavam as suas
Ao mesmo tempo em que queriam alisar
Seu rosto e as curvas do seu corpo.
Suavidade e delicadeza senti ao alisá-las,
Pensava que elas poderiam estar me acariciando,
Mas não, elas estavam me estudando.
Inteligência e sagacidade dessas mãos experientes
Que, à frente de um instrumento não se apertam,
Dedilham lindas canções aos ouvidos apaixonados.

Alisando suas mãos finas, delicadas e suadas,
Qualquer um diria estar tocando em sua alma.
Nelas ,você transmite todo o seu SER,
Seja em forma de canção ou de caneta na mão,
Fazendo suas lindas poesias ou em composição.

Aguardarei ansioso o momento de senti-las
Deslizando sobre meu corpo,
Levando-me à loucura daquele momento perdido.
Vida em dívida que jamais esqueceremos... aquele horror...
Sabemos que , agora sim, aproveitaremos nosso amor.
Amém

16 - AS MÃOS
Eri Paiva

Há mãos que condenam
E mãos que abençoam.
Mãos que ferem
E mãos que perdoam.
Mãos que açoitam
E mãos que acarinham.
Mãos que matam
E mãos que afagam
Mãos que se espalmam para bater
E mãos que se fazem concha para proteger

Possam suas mãos proporcionar
Somente o Bem
A quem elas tocar

17 - FALAM AS MÃOS
Isabel Passos

Falam as mãos, com seu engenho e arte
escrevendo, tão bem retratam a paz
e a falta que ao Mundo faz...
Contudo, falar é mais fácil que fazer,
mais difícil ainda os erros reconhecer...
Falam as mãos sobre o amor,
teclando mentiras, hipocrisías, enredos,
com tal manha, criando a ilusão
no alvo pretendido, provocando indignação
no leal e sincero amigo...
Falam as mãos sobre a verdadeira amizade,
uma virtude, tesouro divino...
Mais que falar ou escrever, para perceber
esse sublime sentimento, há que fazer senti-lo em atitudes,
em pequenos gestos...
Ainda há mãos coerentes, fazendo pela Paz;
Mãos que falam o Amor com honestidade,
sem querer provocar dor...
Falam também a amizade com lealdade...
Falam as mãos, quando erguidas aos céus,
pedindo a Paz e o Amor de Deus;
Que para o bem Ele ilumine os filhos Seus...
Falam as Mãos...


18 - MÃO DE POETA
Dante Marcussi


Vai, mão, escreve mão,
Palavras doces e ilusões.
Esquece o certo e a razão,
Leva teu verso aos corações.

Escreve sonhos e acalanto,
Faz do poema o teu intento.
O de secar de pronto o pranto,
Como ao sereno seca o vento.

Entrega sempre em poesia,
O que te dita o peito em vão.
Espera em troca a alegria,
Põe tua luz na escuridão.

Guia de outras mãos, ousada,
Pelos caminhos do prazer,
Que seja tua a procurada,
Quando a saudade acontecer.

Ah, mão tola de poeta,
Deixa-te ir em aventuras...
Que seja o amor a tua meta,
O escondido em tuas loucuras.

Que a linha torta em tuas escritas,
Seja entendida prontamente.
E que as palavras que digitas,
Não sejam nunca inutilmente...


19 - AS MÃOS DA AVÓ
Maria da Fonseca

Estas mãos que escrevem versos
Foram activas, saudáveis,
Sempre livres a actuar,
Quiseram ser responsáveis.

Quando foram pequeninas
Fizeram suas maldades,
Abelhudas e roliças,
Também tiveram vontades.

Cresceram perseverantes,
Continuamente em acção,
Quer nas tarefas da casa
Ou preparando a lição.

Quantos números e letras!
Toda a vida a trabalharem,
A servir o pensamento
E a nele bem se escudarem.

Na química se esmeraram,
Vocacionadas, felizes.
Nunca foram mãos de fada,
Mas honraram as raízes.

Sujeitas ao coração,
Sempre lhe foram leais,
Facultando aos mais pequenos
Cuidados especiais.

Agora são mãos de avó
Para rezar preparadas,
A pedir graças pra todos
Ao Bom Jesus levantadas.

20 - MÃOS QUE FALAM
Ivete Tayar

Mãos que falam de tantas coisas...
Tanto de beleza, quanto de tristeza
Da dor, do bem do benfeitor

Ah! Mãos sublimes abençoadas por doar amor
Que de tão doce acarinha a todos os mortais
Sensibilidade de quem sabe amar

Indiferente à mão que destrói,
Difunda no Planeta a mão que constrói!

21 - AS MÃOS DO MEU AMOR
Gislaine Canales

As mãos do meu amor
são amantes agradáveis,
gostosas, suaves...
como pétalas de flor.
O simples toque dessas mãos
me faz sonhar, me faz vibrar...

Eu amo, as mãos do meu amor!

22 - FALAM AS MÃOS
Beki Bassan

Através das mãos
expressamos quase tudo.
Elas são um complemento indispensável ao corpo...
As mãos cumprimentam...
As mãos indicam caminhos...
As mãos escrevem lindos poemas...
As mãos nos abraçam...
As mãos nos acariciam...
As mãos enxugam lágrimas...
Quantas coisas podemos fazer com as mãos...
E quando juntamos as mãos,
elevamos nossos pensamentos,
e pedimos ao CRIADOR a tão almejada
PAZ.

23 - PÉTALAS EPIDÉRMICAS
Luiz Poeta
Luiz Gilbertode Barros - às 17 h e 44 min do dia 28 de fevereiro de 2010 do Rio de Janeiro,
especialmente para a Ciranda " FALAM AS MÃOS " - Nai da Terra

Duas pétalas se soltam... e, da flor,
Voam polens pelo ar... como cupidos...
Se pousarem noutras pétalas, o amor
Vai criar, na nova flor, dons coloridos.

É assim o dom do amar: as nossas mãos,
Como pétalas sutis e afetuosas,
Se separam... nossos sonhos, como irmãos,
Vão florir na sedução de outras rosas.

Perfumamos os jardins do coração
Com as pétalas que soltam-se no vento;
Como a flor que perde a pétala, a mão
Solitária sentirá o afastamento.

Entretanto, quando cada mão se afasta,
De outra mão, nesses jardins de uma saudade,
Outra flor há de surgir serena e casta
E tocar a mão do amor... com suavidade
.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

**LINDO DIA 25/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


“Não devemos permitir que alguém saia de nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.”
Madre Tereza de Calcutá

- Que tanto falas de teus amigos Princesa?

- Falo dos defeitos que neles vejo minha Rainha. E vejo muitos, pode acreditar.

- Acredito menina amada. Somos humanos em aprendizagem e todos erramos. Temos que reconhecer nossos erros, e acertar nossa conduta. Somente assim podemos pensar que estamos evoluindo.

- Errar? Eu não erro Rainha. Faço tudo certinho...

- Sabe querida, parece-me que você está trilhando teu caminho neste viver, em fila indiana.

- Como assim?

-Veja, você está caminhando em fila indiana. Na sacola da frente colocou tuas qualidades. Na sacola de trás guardou teus defeitos. Por isso, durante tua jornada pela vida mantém os olhos fixos nas qualidades que possui. Ao mesmo tempo repara impiedosamente nas costas de teu irmão, que está adiante, e observa todos os defeitos dele. É por isso que se julga melhor, mas atente que a pessoa que vem andando atrás de você está te observando da mesma maneira.

- Hummm, não havia pensando nisso...

- Pois pense Princesa. Pense se não é melhor “andar lado a lado com teu irmão”, observando o todo deste e sendo observada da mesma maneira. Verás que poderá não apenas ensinar o caminho certo, mas aprender a evitar pegar desvios.

Walkyria Garcia

**Pode u'a Alma amar outr'Alma? - autoria de Zeca Feliz = josé de avelar


Pode u'a Alma amar outr'Alma?
autoria de Zeca Feliz = josé de avelar


Se ao amor - dizemos - eterno

também creio seja etéreo

Se o eterno é infinito

e o infinito é invisível

o amor, por sua vez

creio seja divisível


Se nossa alma é essência

se na essência não há carência

creio que a nossa ciência

desprovida da sapiência

embora com eloqüência

se engane com freqüência


Como é o amor em u'alma?

Será qual o que enquanto humanos

com ciúmes e obsessão

que às vezes chamamos paixão

ou será aquele sentir de dentro

que dizemos vir do coração?


Mas... se u'a alma é renascida

e sempre em outra vida,

como fica então esse amor

não terá u'a 'marcada a tinta'

pois que se dantes viveu

amando u'a outra distinta!


Que qual a sua partiu

renasceu - evoluiu

e nesses renascimentos

encontrou outros amores

e tudo isso naturalmente

sem remorsos ou sem dores


Será que em nossas vidas

muitas almas serão queridas?

Ah - mistérios das naturezas

que só os sabe o Criador

que no final dos princípios,

foi quem inventou o amor

** ENQUANTO O MAR - Naida Terra


ENQUANTO O MAR..
Naida Terra

Enquanto o mar beija a areia,
eu sonho com os beijos teus...
Meu pensamento feito uma teia
vai tecendo os carinhos meus...
Enquanto o mar suspira pela lua,
eu desejo ser sereia...
Mergulhar no teu Ser nua, ser tua
e te encantar com a poesia
do canto das baleias...
Enquanto o mar docemente
com pérolas veste a lua,
eu te espero eternamente
com duas esmeraldas,
no meu olhar ,
são tuas...

**LINDO DIA 24/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Estava procurando uma frase para mandar um recadinho, e me deparo com esta grande verdade:

" Se um dia você tiver que escolher entre o amor e o mundo, lembre-se...Se escolher o mundo ficará sem amor, mas se escolher o amor, com ele você conquistará o mundo."

Albert Einstein

E você criança, sabe o que é amar?

Vou te contar:

Amar é... simplesmente amar!

Todos nós queremos viver uma relação de amor, mas a grande maioria vive uma relação de troca de interesses.

Vem então a tristeza, acompanhada da saudades de não sei de quê ou de quem. Um sentimento de frustração, de irrealização, de culpas. E claro, culpamos sempre o outro...

Nos liberando das amarras impostas por nosso Ego ficamos livres para sermos o que somos na essência: AMOR.

É difícil superar o ego que nos impõe medos.

Apenas os que tiverem coragem e confiança é que irão conseguir.

Coragem para quebrar paradigmas e confiança em se entregar ao Amor Real.

Vença a primeira batalha superando teus medos, e ganhe a guerra vivenciando o Amor.

Coragem criança. Você pode, pois és um Guerreiro da Luz!

Walkyria Garcia

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

** LINDO DIA 22/02/2010... é o que te desejo, a minha maneira


Lembro-me de momentos de minha infância quando me sentava aos pés de minha mãe e ficava admirando a maestria com que lidava com os fios em sua lida como modista.

Era rotina eu ficar perguntando : - Mãe, o que a senhora está fazendo?

Ela sorria e respondia: - Filha, vá brincar com teus irmãos. Assim que eu terminar meu trabalho eu chamo você e a coloco no meu colo para que veja o que estou fazendo da minha posição.

O que ela fazia, de onde eu olhava, me parecia muito confuso. Eram fios que se entrelaçavam, nós que tinham que ser desfeitos, linhas coloridas que tinham que ser trocadas. Uma confusão de cores e nós que do ângulo que eu via pareciam um amontoado de caos.

Certo dia, estava brincando quando ela me chamou:

- Filha, terminei meu trabalho - disse ela – colocando-me no seu colo para que eu pudesse apreciar do ângulo que ela via.

Ao sentar no colo de minha mãe, fiquei extasiada, custando acreditar que se lá de baixo eu via uma coisa tão confusa, e de cima uma perfeição realizada.

Então minha mãe disse:

- Filha, de baixo parecia confuso e desordenado porque você não via que na parte de cima estava se desenhando um lindo trabalho.

- Sabe filha, - continuou ela - ao longo dos anos tenho olhado para o Céu e dito: _ Pai, o que está fazendo? E eu o ouço responder : - Minha Filha, ocupe-se com ser viver. Faça dele o mais feliz possível e confie em Mim. Um dia eu a colocarei em meu colo e você irá ver o plano de sua Vida da Minha posição.

E foi então que compreendi que muitas vezes não entendemos o que está acontecendo em nossas vidas. Tudo nos parece confuso, parece que nada dá certo. Lembro-me então que estou vendo de baixo e lá em cima o Pai está tecendo a Teia da Vida e o final será um “trabalho magnífico”!

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 22/02/2010


"As coisas pequenas,
se colocadas juntas,
são maiores
do que as grandes."
(Henri Barbusse)

**LINDO DIA 21/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Basta apenas um minuto de Silêncio para que possa ouvir teu Coração e ter certezas que farão você se reconhecer como Guerreiro da Luz.

Silencia tua Mente pois esta mente, por ser o veículo que teu Ego usa para te enfraquecer, colocando o Medo sem razão de ser, na tua aparente razão de apenas querer ser.

E seja o que verdadeiramente você é:

Guerreiro da Luz.

Faça da tua palavra a lâmina que corta a Dor, pois tua espada é somente Amor.

A tua Alma será teu escudo e ai então vencerá a luta e como recompensa ganhará a Paz.

Walkyria Garcia

**AMANHECER COM VOCÊ - Adélia Mateus


AMANHECER COM VOCÊ
Adelia Mateus


Não diga nada...
Vamos amanhecer juntos.
Nos amando olhos nos olhos.

Sorrindo de felicidade
nos beijando loucamente...
Sussurando ao pé do ouvido:
Nosso amor será eterno.

Deixar em cada cantinho
de nossa casa, carícias de nosso amor.

Nosso café da manhã:
Repleto de carinhos.

Na banheira juntos
nos banharmos com aroma
de rosas,envolvendo nossos
corpos sedentos de amor.

Não conseguindo nos vestir,
queremos continuar nos
beijando, neste amor
delicioso que é só nosso.

Sempre será assim nosso
amanhecer...
Cheio de desejo, carinhos...
Um sonho que não quero
acordar...

www.adeliamateus.com.br

**ODE á presença de DEUS - Guerreiro Solar


ODE á presença de DEUS
(Guerreiro Solar)


Reconheço todas as coisas

Por reconhecê-las em mim

Alimento-me dos elementos

Por compartilhar da humanidade

Os seus sentimentos

Misturo-me às plantas e aos animais

E falo com a vida no sol, no mar, no ar, no fogo

Como falas ao teu filho

Sinto-me irmão de tudo e de todos

Por viver no amor

Este é meu vínculo à Terra

É a melhor coisa a se decodificar...

É tudo o que sei sentir...

Já estive por entre os seus

E me diverti muito,

Inebriei-me com tuas drogas,

Ri e bebi com teu vinho,

Fartei-me em tuas mesas...

Foi bom, reconheço...

Misturar-me a estas vaidades

É algo de sensacional.

NECESSIDADES

Fizeram-me regressar

À minha própria fonte

Um período de crescimento seu

E descobertas guardadas em sorrisos

Me empurram para a presença...

Recolhi-me... por um tempo...

Mas por amor

Eu volto.

Eu luto.

Porque quando penso que

Aprenderás a conhecer a vida,

Eu volto.

Porque tudo tem que deixar de ser morte.

Eu não aceito mais a sua dor!

Volto ao seu mundo

E te afasto desta falsa liberdade.

Mergulho em ti,

Ando na ventania e vôo...

Mas não te esqueço,

Nos meus mergulhos internos

Estou a te enviar lampejos

Para que minha presença

Seja a luz

A nos guiar

Para brilhar

Por toda a eternidade, juntos.

** GRAÇAS DOU... - Helena Maria (H.M.S.)


GRAÇAS DOU...
H.M.S.


Graças dou... por um dia seus olhos

os meus mirarem.

Por seres tu quem és...

Por teres aberto a porta,

permitindo que fosse gravado em meu coração teu nome.

Em minha alma tua imagem...

Em minha boca apenas o gosto

de sua saliva.

E meu corpo tatuado de ti.

Graças dou... por nossos momentos...

Por um minuto já sem vida tua voz ecoar aos meus ouvidos...

Graças dou...por existires!

Por este amor puro, intenso em mim,

Que faz-me assim...

Feliz!!

**SE EU MORRESSE AMANHÃ - Naidaterra


SE EU MORRESSE AMANHÃ
Naidaterra


Se eu morresse amanhã
partiria segundos depois
sem apegos e lamentações...
Essa vida é uma escola e
acho que aprendi bem a lição,
foram tantas perdas, tropeços
e aflições que viver mesmo é
construir sonhos para
gozar lá no além...
Na partida só uma coisa
me deixaria aflita, saber que
quem me ama vai sofrer...
Não chorem por mim que
vou é muito feliz encontrar o
meu povo e amores que
ja se foram a muito daqui...
Levarei desta vida somente o
que minha alma gravou,
recordações e sentimentos...
Deixarei aqui com vocês o que eu
mais tinha de bom, meu amor
e meu carinho e as lembranças de
alguém que por aqui passou...

Monitor da Alma - autoria de Zeca Feliz = josé de avelar


Monitor da Alma
Zeca Feliz = josé de avelar

Diante de uma fria tela de um PC
uma Alma os seus pensares digitava
e o teclado com suas letras indiferentes
sem nada refletir só registrava

E a Alma continuava em devaneios
teclando os seus temores, seus anseios
e aos suspiros que não raro lhe surgia
das vestes esta alma se despia

Será que sua vida ora em vivência
de karma de algum modo refletida
das vidas que vividas reticentes
de ações que descumpridas - ora cumpridas

Nos túneis de sua mente - a Alma inquieta
das mortes que em vidas outras passara
trazia dentro de si claro temor
deste destino certo - longe ou perto

Qual era afinal sua missão?
Teria sido cumprida a contento?
Ou será que deveria esta Alma
voltar para outro renascimento!

A tela do PC que a tudo via
e que até o sentir d´Alma sentia
qual espelho deixa a Alma refletida
em imagens as passagens desta vida

O corpo que executor das ações
enquanto é da Alma ordenança
se faz em transparência e deixa à mostra
visível - a Eterna Alma de Criança!

**Meus Preferidos - Coisas que a vida me ensinou em 40 anos - Silvana Cervantes


Coisas que a vida me ensinou em 40 anos
Silvana Cervantes

Amor não se implora, não se pede não se espera... Amor se vive ou não.

Ciúmes é um sentimento inútil, não torna ninguém fiel a você.

Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade.

Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.

As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.

Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.

Água é um santo remédio.

Deus inventou o choro para o homem não explodir.

Ausência de regras, é uma regra que depende do bom senso.

Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.

A criatividade caminha junto com a falta de grana.

Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.

Amigos de verdade nunca te abandonam.

O carinho é a melhor arma contra o ódio.

As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.

Há poesia em toda a criação divina. Deus é o maior poeta de todos os Tempos.

A música é a sobremesa da vida.

Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.

Filhos são presentes raros.

De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.

Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor.

O amor... Ah, o amor... O amor quebra barreiras, une facções, destrói preconceitos, cura doenças...

Não há vida decente sem amor!

E é certo, quem ama, é muito amado.

**LINDO DIA 20/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


- Bom dia crianças!

- Bom dia Rei Menino!

- Hoje vou dar uns conselhos básicos para o bem viver.

- Ôba! Estamos anotando meu Rei, respondem em coro os Príncipes e Princesas.

- O primeiro e mais importante é que vocês devem e irão crescer, tornarem-se adultos, mas nunca deixem de serem Crianças.

- Ah, quando eu for ao super mercado posso espernear se eu quiser um chocolate?

- Não! Isso é ser criança-criança. Mas devem espernear no corredor do super mercado quando quiserem algo que está no alto da prateleira e vocês não alcançarem. Isto é ser um adulto criança.

- Está bem! Não vou mais sair frustrada sem comprar o que quero por ser baixinho. Vou agir como adulta criança e chamar a atenção pedindo ajuda.

- É isso. Outro conselho importante é que sempre sorriam quando ouvirem música. E dancem, deixando-se levar pelo ritmo. Mesmo que todos riam de você dancem.

- Por que isso Rei Menino?

- A música é a linguagem da Alma. A linguagem que é entendida pela tua Criança Interior. E esta certamente irá querer dançar. Faça isso e deixe-a feliz. Livre, leve e solta.

- Nunca deixem de chorar quando estiverem tristes, e de sorrir quando estiverem alegres.

- Chorar? Fica bem um adulto chorar?

- Sejam sinceros aos seus sentimentos. Sejam crianças, adultas, cresçam, mas continuem crianças, adultas. E acima de tudo, nunca, mas nunca mesmo deixem seus frascos abertos. Não permitam que as suas essências se percam jogadas ao vento. Se preferirem guarde-a somente para vocês, ou se quiserem que alguém sinta a tua fragrância deixem que sintam. Logo em seguida não se esqueçam de taparem seu frasco. Ele guarda o que de mais especial há em você: Você mesmo!!

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 20/02/2010


"Tente exercitar o seu perdão contigo e o próximo.
Em seu exercício matinal, junto com suas orações e sua fé, lembre-se : perdoe para ser perdoado. Limpe as mágoas do seu coração,para que Cristo permaneça em ti com muito amor e gratidão, pois aquele que não souber perdoar jamais saberá amar. "
Mensagem Psicografada de Augusto Cezar Neto

sábado, 20 de fevereiro de 2010

**LINDO DIA 19/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


- Uma coisa é certa: eu tenho um amante!Diz a Rainha Menina causando o maior burburinho no Reino.

- Nossa minha Rainha! Nunca pensei ouvir estas palavras vindas da senhora!

- Pois digo e repito : Não apenas tenho um namorado como tenho um grande amante.

- Bem, conhecendo a senhora posso afirmar que “ai tem coisa”. Quem é então seu amante?

- Ah, meu amante é aquele que me apaixona. Penso nele antes de pegar no sono e muitas vezes meus pensamentos impedem que eu durma. É ele que dá sentido e motivação ao meu viver.

- Está querendo dizer que seu amante é o Rei Menino?

- Sim, principalmente é o Rei Menino. Mas tenho outros amantes.

- Outros? Credo Rainha Menina, eu a estou desconhecendo.

- Claro!! Vou te contar quem são eles: uma boa música, um livro, meus estudos espirituais, um queijo regado a vinho... Poderia citar outros amantes, mas estes bastam por hora.

- Mas isto são coisas Rainha. Não são pessoas, ora bolas!

- Querida, amante é “alguém” ou “algo” que nos faz namorar a Vida nos afastando do triste destino de apenas “ir levando”. Para se estar plena de satisfação, ativo, manter-se jovem e feliz, é preciso namorar a Vida e ter vários amantes.

- E o que é “ir levando”?

- Ir levando é ter medo de viver. Ir levando é adiar a possibilidade de desfrutar o hoje, enganado a si mesma ao se contentar com a frágil ilusão de que talvez amanhã possamos realizar algo. Portanto criança amada, não se contente em “ir levando” pois isto significa desistir de viver.

Então menina, sem mais delongas, procure um amante, ou vários, de preferência.

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 19/02/2010


"O verdadeiro valor de um homem
não pode ser encontrado nele mesmo,
mas nas cores e texturas
que faz surgir nos outros."
(Albert Schweitzer)

**FALAM AS MÃOS - Naida Terra


FALAM AS MÃOS
Naida Terra


Tão sublime quanto um olhar
é o toque das mãos que com
suavidade toca e acalenta...
As mãos,
são como asas de andorinhas que
infinitamente doam proteção e calor...
Indicam, sugerem, alimentam
e falam aos surdos com exatidão...
As mãos,
plantam, colhem e tudo sentem
refletindo em gestos este sentir...
As mãos,
são lanternas e ferramentas
que alimentadas e inspiradas pelos anjos
socorrem e cavam fendas em pontes
criadas por sonhos esquecidos
para que não haja endurecimento,
evitando assim, as grandes quedas...
Falam as mãos,
quando frias, trêmulas e suadas...
Quando se fecham e agridem...
Quando recuam e se escondem...
Falam as mãos,

quando já cansadas, só lhes restam
a súplica...

HARMONIA - autoria de Zeca Feliz = josé de avelar


Harmonia
autoria de Zeca Feliz = josé de avelar

Ah - minha Mãe
Ah - minha Mãe
Você que me abriga
me fornece o alimento
partilha o seu amor
e conforta a minha dor
você que plena beleza
Ah minha Mãe - Natureza

Como tantos que convivem
sob a sua proteção
como as flores coloridas
como as aves que voantes
como os homens que viventes
tudo é vida e alegria
se vivido em harmonia

Assim devemos preservar
mais que isso mesmo amar
todos os seus eco-sistemas
no complexo teorema
dessa harmonia e paz
na perfeita criação
que a Mãe Natureza faz

Sendo a própria Natureza
que chamamos aqui de Mãe
obra do Arquiteto Mór
que em integrado contexto
devemos amar e amar
defender e preservar
a todo o custo e preço

E assim vamos vivendo
e assim vamos cantando
e qual crianças pulando
pois que a Mãe Natureza
que é amor e alegria
e sinônimo de beleza
também é de Harmonia!


** LINDO DIA 18/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


- Minha Rainha, bom dia! - diz a Princesa.

- Bom dia criança. Qual a novidade que te aflige hoje?

- Ah minha Rainha, ouvindo a senhora falar assim, sinto-me como um patinho feio neste Reino Encantado.

- Vamos, fale. Quem sabe eu possa fazer com que se sinta um lindo cisne.

- A questão é meu Coração que fica dizendo para eu confiar no Príncipe, nas suas promessas de um viver no Amor Real.

- Princesa, deixe de controlar as coisas quando você não confia. Deixe ir esta necessidade de controlar e simplesmente confie na sua intuição divina.

- Não consigo explicar o porquê de eu aceitar como certas suas palavras, e não dar este crédito ao meu Coração.

- Esta resposta é simples. Confiança refere-se sempre ao futuro, e não ao agora. E a confiança está baseada no passado, em tuas crenças e até mesmo no que você acredita inconscientemente. E é este sentir que projeta para o futuro.

- Quer dizer que quando eu estou preocupada ou desconfiada, não estou vivenciando o Agora?

- Exatamente. Tua preocupação, tua desconfiança, é o medo de que o que aconteceu no passado irá acontecer no futuro.

- Então eu devo confiar sempre?

- Menina amada, aqui é onde o livre-arbítrio entra.
Você quer que o passado se repita ou você quer que algo diferente aconteça? Você escolhe. Não é preciso confiar para ter o que você deseja, é só uma questão de escolher o que realmente você quer e se manter na energia de como seria ter esse desejo realizado no Agora.

- Fácil assim?

- Sim! Escolha, acredite e acontecerá!

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 18/02/2010


"Infeliz do que só tiver amado
corpos e aparências,
que tudo lhe tirará a morte.
Amai as almas se depois da morte
as quereis encontrar."
(Victor Marie Hugo)

**LINDO DIA 17/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Agora pela manhã minha secretária veio me trazer um cafezinho e fez menção de perguntar algo. Adiantei-me e disse: Arroz, feijão, bife acebolado e batatas fritas. Cardápio básico depois de muitas churrascadas nestes dias de feriados.

Fico aqui pensando como nos preocupamos em alimentar nosso corpo físico. Mas e nossa Alma, alimentamos? Minha geladeira, afortunadamente, está cheia, e ando até um pouco acima do meu peso ideal, mas me senti desnutrida.

Revistas, já desisti. As de entretenimento já trazem na capa o conteúdo interno estampado: mulher pelada. Tô literalmente fora! Revistas especializadas em economia somente mostram caos. A tal da Bolsa de Valores só desce. Já desceu tanto que deveria, pelos meus cálculos, estar zerada. E não está... Bem, não entendo nada disso mesmo! Recorro ao jornal e tenham dó de mim. É tanto sangue que me da enjôo. Ligo a TV e somente mostram o “ontem”. Ora bolas, o ontem já passou e não retorna. Hoje! Agora! Sem carnaval que acabou, mortes, estatísticas, e previsão de tempo que nunca acontece. AffMariaaaa.

Corro para a internet. Leio tudo. Sonhos, esperanças, um montão de informações que adentram minha casa e me encontram passiva. Sentada aqui, lendo ali, escrevendo acolá.

Chego então a conclusão que para alimentar a alma, é obrigatório sair de casa. Sair e caçar. Caçar não um animal, mas caçar o afeto, tirando férias de rancores e mágoas. Vou caçar a liberdade de atitudes indo ao encontro do que não tem regras, horários.

O novo. Vou caçar o novo! Vou caçar o amanhã, o que ainda não foi contaminado pelos críticos de plantão, do que é surpreendente e que me provocará prazer em olhar e sentir.

Vou caçar o silêncio que me preenche a Alma e a apazigua. O marulhar do riacho, o som dos trinados suaves das aves, a pintura impar que é a Natureza.

Vou ficar quietinha, deitada na relva do Reino Encantado, e me deixar envolver pela magia de Ser e Estar, pois este é o alimento que minha Alma necessita. Vou me entupir de calorias na Alma pois quero engordar no lugar certo. Fuiiiiiii...mas volto viu? Não tem graça meu viver sem você!

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 17/02/2010


"Todo o nosso descontentamento por aquilo que nos falta, procede da nossa falta de gratidão por aquilo que temos."
(Daniel Defoe)

**Aconteceu no Reino Encantado em 16/02/2010 - A volta do Filho Pródigo por Flávio Ximenez


Aconteceu recente, no Reino Encantado, estar a Rainha Menina sentada à relva ao pé de sua árvore predileta, o exuberante Olmo, que produz um sombreamento inigualável, em toda região do Lado de Cá, onde o Reino Encantado se situa, quando... para surpresa sua... aproxima-se, cabisbaixo, temeroso, envergonhado, justamente quem? O Colibri, seu antigo repórter, fundador do Jornal
"O Que Há De Melhor No Reino".

Ao vê-lo, a Menina Rainha Menina não conteve seu sorriso de alegria e aquela lágrima de saudade, traiçoeira, que ela procurava esconder!

Observou longamente seu antigo colaborador, e seu grande amigo, segurando a voz embargada pela emoção, mas obrigada a manter a fleuma que a dignidade de seu título lhe exige, indagou:

-"De passagem pelo Reino Encantado, meu menino?"

-"Amada Alteza", retruca Colibri, "ofuscado pela curiosidade, pelo desejo de aventura, parti para conhecer o mundo lá do Lado de Lá”!

-"Andei muito, conheci muitas terras, povos, costumes e tradições".

-"Vaguei por estradas, rios, florestas, campos".

-"Vi flores belas e pássaros exóticos, conheci povos inóspitos e outros hospitaleiros, uns cruéis outros dóceis".

-"Vi muita riqueza, opulência e fartura, em contraste a muito sofrimento, fome, doença e miséria".

-"Vi o poderoso oprimir o necessitado, o opulento ignorar o desabrigo, a miséria e a fome daqueles que, aos olhos de Deus são seus semelhantes".

-"Também passei muito frio, nas regiões glaciais, e extremo calor, sem a sombra de uma árvore para me abrigar, no que aqueles povos denominam desertos”!

-"Conheci muitas religiões e muitos religiosos se digladiando para provar, uns aos outros que sua religião era a melhor, a única certa e que os demais estavam totalmente enganados, iriam ser jogados num lugar muito feio a que denominavam... inferno".

-"Mas, a meu ver, apena lutavam entre si para ver quem conseguiria arrecadar e abocanhar maior porção de muito dinheiro que denominavam "dízimo"!

-"Saiba, Amada Majestade, que eu carecia ver, conhecer tudo isto para ter absoluta certeza de que aqui é meu lugar".

-"Basta que, para tanto, Vossa Majestade me conceda a Graça do Perdão".

-"Amada criança", retrucou a Rainha Menina, "hoje, ao acordar, meu coração pedia que preparasse uma grande festa, e não indagasse Dele, que tudo sabe, a razão".

-"Agora", continuou, "sei que este coração, tendo aprendido com o Sábio dos Sábios, Jesus Cristo, que o filho pródigo se acolhe com uma grande festa, para comemorar o encontro da ovelha desgarrada"!

-"Portanto, criança amada, te envolvo num forte abraço e, sem dizermos qualquer palavra... entremos, pois a festa inicia agora. Venha!"

... Assim, num gesto soberbo de Rainha e de Mãe, adentrou a Rainha abraçada em seu jornalista muito querido... para uma festa que começou, mas, não tem qualquer previsão para seu termino... !!!

Eu sou Flávio e, constatei, pessoalmente, tudo isso!

Numa noiT cheia de estrelas - autoria de: Kaminhant - josé de avelar (zeca feliz)


Numa noiT cheia de estrela

na meia noite da noite

olhando para o universo

conversei com o Senhor



Falei de minhas fraquezas,

falei de minhas tristezas,

falei de meus dissabores,

falei sobre meus amores.



Pedi por minha família,

pelo filho, pela filha,
pedi pelos meus amigos,
e quantos convivem comigo.

Pedi pelo meu trabalho,
pedi pelo meu salário,
pedi a prosperidade,
pedi a felicidade.

E o Senhor só me ouvia
não falava - não respondia
mas ainda que nessa quietude,
eu sabia que me entendia

Olhei de novo pro céu,
e bem no meio dele uma estrela
acho até que a mais bela
Vejam essa forte acima é ela!

Que senti - falava comigo
e aumentando sua luz,
foi mudando a feição
e pude ver que era Jesus

Que falando-me sem falar nada
mostrou-me o caminho, a estrada
dizendo: Se queres ser feliz doravante,
alem de amar a si mesmo,
ame ao seu semelhante!

Uma lagrima molhou meu rosto
e senti o seu doce gosto,
o doce gosto do amor,
amor de Nosso Senhor.

As estrelas pra mim sorriram
e enquanto ficavam a piscar
eu pude sentir esse amor
nessa dimensão do amar !

As estrelas me guiarão
rumo a minha evolução !


autoria de: Kaminhant
=
josé de avelar (zeca feliz)

**LINDO DIA 16/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


- Bom dia Rainha Menina – diz a Princesa. Como está se sentindo hoje, dia de carnaval, com tantas pessoas vivendo no “mundo de fantasia”.

- Porque diz mundo de fantasia princesinha?

- Porque é minha Rainha. Não lhe parece mera fantasia toda esta alegria se logo após virá a quarta feira de cinzas? O povo então irá novamente chorar suas mágoas, chorar por aqueles que perderam a vida nas estradas banhadas de suor e álcool. Um mundo onde as guerras ceifam vidas, onde a fome faz doer o corpo do inocente, onde as drogas arrastam vidas para o despenhadeiro da morte. Enfim irão “cair na real”.

- Credo, que coisa triste este teu sentir Princesa. Tua realidade não é mesmo igual a minha.

- E qual é tua realidade Rainha Menina?

- Ah menina, a Criança que vive em mim, acredita que exista um mundo puro de amor, onde as pessoas possam viver melhor. A criança que existe em mim, veio para este mundo em busca de felicidade, de um mundo sem maldade onde os sonhos viram realidade. A criança que vive em mim ainda não encontrou este mundo, mas acredita na solidariedade humana. Acredita nos homens de boa vontade, nas mulheres de grande coragem, e na inocência dos pequeninos. A criança que vive em mim tem a Alma limpa, tem o coração aberto, tem o sorriso da esperança, tem alegria de criança. Porque a criança que vive em mim, não quer morrer no desespero de uma busca sem fim. Ela quer somente acreditar que as pessoas possuem: a virtude de amar, a bondade de perdoar, a vontade de ajudar, a disposição para sonhar, e a inocência de acreditar que um dia, todos nós encontraremos um mundo, puro de Luz, Paz e Amor.

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 16/02/2010


"Não seja tão afoito em pensar no amanhã.
Cada dia deve ser um benefício presenteado pelos deuses."
(Ernst Gunther)

**LINDO DIA 15/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Acorda criança que outra segundona vem raiando.

Coloque a preguiça de lado e vem curtir a Vida e o Sol que está te esperando.

Vamos criança, acorda um a um de teus músculos adormecidos e verás então como LA VITTA ÉS BELLA!!!

Agradeça!

Agradeça poder acordar e ter um trabalho esperando por você.

Agradeça por ter tanta gente esperando você chegar.

Sinta a Alegria permear teu coração em vivenciar os dias da semana até podermos dizer novamente:

ÔBAAAAAAAA....HOJE É SEXTAAAAAAAAAAAAAAA

Vamos lá criança, acorde para viver está nova segundona.

O Tempo passa célere e temos que aproveitar cada segundo para construirmos nossa Felicidade, na Luz, Paz e Amor.

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 15/02/2010



"Mantenha seus pensamentos positivos....

....porque seus pensamentos tornam-se suas palavras.

Mantenha suas palavras positivas....

....porque suas palavras tornam-se suas atitudes.

Mantenha suas atitudes positivas...

....porque suas atitudes tornam-se seus hábitos.

Mantenha seus hábitos positivos...

....porque seus hábitos tornam-se seus valores.

Mantenham seus valores positivos...

...porque seus valores tornam-se seu DESTINO."

GANDHI

**LINDO DIA 14/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Estava a Rainha Menina passeando pelo jardim do Reino quando ouve duas princesinhas conversando. Uma diz à outra:

- Já decidi que quero casar com o Príncipe e pronto!

- Mas que coisa amiga! – responde a segunda – Porque insistir nesse relacionamento se vive pelos cantos chorando pelos atos do Príncipe?

- Não importa! Quando nos casarmos irei conseguir mudar seu jeito de ser.

A Rainha Menina, ao ouvir tamanho disparate, não pode deixar de intervir de disse:

- Ledo engano menina. Não irá conseguir transformar o Príncipe pois ele não é feito de argila que pode ser modelado.

- Oras Rainha Menina, acha mesmo que não o farei sucumbir aos meus encantos?

- Fará sim, por breves momentos. Entenda filha que somente aquilo que existe em você, e faz parte de você, pode ser transformado. Aquilo que é do outro, e faz parte do outro, só pode ser transformado pelo outro e será compreendido e aceito por você, dentro dos teus limites.

- Não posso então falar para o Príncipe como me sinto em relação ao que ele faz ou diz?

- Pode sim. Não apenas ao Príncipe e sim para todos com os quais interage. O que você não pode é ter a ilusão de poder controlar o que o outro faz ou diz.

- Falar eu já falo. É comum no nosso relacionamento eu dizer ao Príncipe :
"aquilo que você fez ou disse me feriu". E não tenho obtido resultados satisfatórios. Então fico irada e pago-lhe na mesma moeda.

- Menina amada, para que os resultados sejam satisfatórios é preciso que entenda que você é que se feriu com que o outro fez ou disse. Não foi o outro que te feriu.

Tendo esta consciência, sabendo que é a única dona de tuas emoções, sensações e sentimentos, única dona de tuas atitudes, pensamentos ou palavras, entenderá que não é coerente dizer que fez algo com alguém só porque alguém fez outra coisa com você primeiro. Agindo assim será apenas resposta e eco.

- Como devo proceder então para não perder a minha dignidade?

- Terás muito mais valor Princesa se optar por agir ao invés de apenas reagir. Reconheça menina que as rédeas do teu destino está nas tuas mãos. Terás muito trabalho em manter estas rédeas no caminho certo, e creia, não queira adicionar ainda o controle sobre a vida do outro. Não irás dar conta.

E finalizou a Rainha Menina dizendo:

- Se o desejo de ser amada for mais forte, e você se prender a alguém com insistência, ele se aborrecerá e acabará se afastando de você. O primeiro estágio do amor é a simpatia. A simpatia aumenta e se torna apego, e nesse estágio há sofrimentos e alegrias. A alegria proveniente do amor-apego, vem sempre acompanhada de angústias e sofrimentos. A alegria absoluta, que não vem acompanhada, nem de angústias nem de sofrimentos, só será obtida quando seu amor evoluir mais. Só será obtida quando você abandonar o apego e deixar o outro totalmente livre. Quando você soltar o outro ele voltará a você espontaneamente, com amor sincero, se for ele, originalmente, a outra metade da tua alma.

Walkyria Garcia

**Série Besteirol - OS 10 MANDAMENTOS DA ANTI GINÁSTICA


Os 10 mandamentos da anti-ginástica

1) A minha avó começou a andar 5 km por dia aos 80 anos. Hoje ela tem 97 e ninguém sabe onde ela está.

2) Inscrevi-me em uma academia, o ano passado, e não perdi um quilo sequer... Parece que é preciso participar nas atividades...

3) Tenho que fazer exercícios de manhã, antes que o meu cérebro perceba o que estou a fazer.

4) Não faço nenhum exercício. Se Deus quisesse que tocássemos nos nossos dedos do pé, Ele os teria feito mais próximos das mãos.

5) Gosto das longas caminhadas, principalmente quando feitas por pessoas que me aborrecem.

6) Se quero correr mais, compro um carro mais potente.

7) A vantagem de fazer exercício todos os dias é que vou morrer com boa saúde.

8) Eu não corro porque deixo cair o gelo do copo.

9) A tartaruga não faz nada, anda muito devagar e vive 200 anos.

10) Se nadar emagrece, porque é que a baleia é gorda ? Portanto, foge da piscina, enquanto é tempo.

**Recadinho para você em 14/02/2010


"Os primeiros passos são inúteis,
quando não se percorre o caminho até o fim."
(Shank-ara)

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

**Meus Preferidos - O LEGADO DE JESUS - Eri Paiva


O LEGADO DE JESUS
Eri Paiva
09/02/2010


Ao deixar impresso na vida,

Na mente e nos corações,

Jesus,nos legou, ao partir,

O que em vida experimentou:

Principios, verdades, lições.


Como bom Mestre que foi

Transmitiu à humanidade,

O caminho através do qual

Todos deveriam encontrar

Na terra, a sua felicidade.


A sua sabedoria revelou,

Na prática do dia a dia,

No testemunho que dava,

Nas histórias que contava

E nos milagres que fazia!


O seu legado tem assento

No Amor pleno e total

Como a condição primeira

Ou o modo incondicional

Da felicidade verdadeira.


Do primeiro mandamento

Que manda a todos amar,

Acima de tudo, a Deus,

Jesus foi nisto exemplar,

Amando-o nos irmãos seus.


"Assim como Eu vos amei,

Assim uns aos outros, amai"

Deixou-nos como nova lei,

Bem antes de retornar

À convivência com o Pai.


O legado principal de Jesus

Entendo então ser o Amor.

Ele faz o homem Ser mais,

Torna o mundo muito melhor

Como espaço de Amor e Paz!

sábado, 13 de fevereiro de 2010

**LINDO DIA 13/02/2010...é o que desejo, a minha maneira


Faz muito tempo que não ouço mais falar em “conflito de gerações”.

Será porque estes conflitos foram superados? Bom seria...

Bom seria porque o sentimento mágico para acabar com tais conflitos chama-se Perdão.

Bom seria se a Humanidade já houvesse aprendido a Perdoar.

Todos os conflitos já estariam superados!

Mas não é isso que vemos em nosso dia a dia, infelizmente.

Então é bom lembrarmos que devemos “arrumarmos a casa” quando as crianças estiverem em aprendizado de vida isto desde o nascimento.

Quando nascemos somos apresentados ao mundo por uma super mulher, nossa mãe, que não apenas nos alimenta, agasalha, mas deu-nos o principal: a própria Vida. Super mulher apenas? Não, claro que não...uma verdadeira deusa!

E o pai, a figura que se apresenta como o protetor imbatível. Um super homem, aquele que nos protege, nutre, vigia, ensina e está sempre pronto para nos mostrar o certo e castigar o errado.

O trágico é que gostamos desta nossa postura de Super, donos da verdade, e desenvolvemos a síndrome de chefite aguda.

Os anos passam, e com ele chega a independência de nossas crias. Já podem caminhar sozinhos e a imagem dos pais se altera em sua visão. Começam e ver defeitos onde somente havia perfeição. Ficam pasmos!

"Com que então eles erram? E o pior, erram conosco? Que lastimável engodo!"

É o tempo da juventude, e onde mora o perigo.

Um dia tornam-se adultos. E nessa hora percebem e aceitam o fato de que os pais não são super heróis. São humanos, como eles. Com seus erros e acertos. E ao aceitarem as limitações humanas dos pais, estão prontos para superar os conflitos de geração, pois se tornam humildes o suficiente para aceitar e perdoar, não apenas aos pais, como a si mesmos.

Viver é aprender. Cabe à nós adultos, a responsabilidade de ensinar o mais cedo possível às nossas crianças a mágica do sentimento chamado Perdão, e assim será possível eliminarmos todos os conflitos que marcam os Coração como ferro em brasa, trazendo a Dor, quando nosso destino final é o Amor.

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 13/02/2010


"A sorte se esconde de quem tem medo de perder."
(João Bosco Marinho)

**LINDO DIA 12/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Ser brasileiro é assim, vivendo o ano todo esperando pelo Carnaval.

Já dizem que o Brasil começa a funcionar depois do Carnaval...

Hoje me dei conta de que as pessoas vivem a esperar por algo.

Não precisa ser brasileiro, basta ser humano e pronto, está esperando por algo.
E aquele que se diz estou esperando isto ou aquilo, quando surge uma oportunidade, se diz confuso e despreparado.

Repare e me diga se não tenho razão.

E lá vem as mesmas desculpas sempre:

- Será que mereço?

- Será este o Tempo de realizar meu sonho?

E assim a Vida passa...e chega outro Carnaval.
E os momentos se acumulam como papéis sobre uma mesa.
Estamos nos preparando para qualquer coisa menos viver.
A arriscar por aquilo que queremos.
A sentir aquilo que sonhamos.

E assim adiamos nossas vidas por tempo indeterminado, até que a vida se encarrega de decidir por nós mesmos.
E percebemos o quanto perdemos e o tanto que poderíamos ter evitado.

Como somos tolos em nossos pensamentos limitados !
Em nossas emoções contidas !
Em nossas ações determinadas !

O ser humano se prende em si mesmo por medo e desconfiança.
Vive como coisa num mundo de coisas.
O Tempo esperado é o Agora.
Antes que tudo acabe é preciso fazer iniciar , mesmo com dor e sofrimento.
Antes arriscar do que apenas sonhar ...

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 12/02/2010


"Todos gostamos de belas palavras, porém poucos de nós as transformam em atos."
(Sun Tzu)

**LINDO DIA 11/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Por vezes, temos necessidade de parar para pensar, para fazer um auto julgamento sobre o que fizemos de nossa vida, e em nossa vida. Temos que reavaliar muitas atitudes, verificar se ainda podemos corrigir erros cometidos, para tentar acertar nosso rumo para o futuro.

É preciso reescrever nossa história, e isso implica em voltar às origens, começar do começo. E, para começar, sempre é difícil dar o primeiro passo. Ficamos sem saber por onde começar. Mas, com algum esforço, temos que dar este primeiro passo e é imprescindível fazermos uma profunda reflexão.

Temos que ver dentro de nós mesmos, o que está certo, e o que está errado. Descobrir o que sentimos estar errado. Apenas o Coração, nos poderá ditar as regras e as normas, permitindo-nos discernir e reavaliar situações.

Pode ser que estejamos misturando os sentimentos, e o relacionamento que estamos vivendo, pode não ser na verdade um relacionamento de Amor. Se assim o fosse a sensação seria de Paz. O Amor verdadeiro, é a Paz em nossa alma. Se não sentirmos essa Paz interior, é porque algo está errado.

Se insistirmos em uma relação pesada, ou num relacionamento que nos dá a nítida sensação de estarmos vivendo um enredo errado, onde os atores não conseguem acertar o tempo certo da fala ou do silêncio, é preciso parar para meditar, ouvindo o Coração e a razão, pois o somente a mente por vezes nos engana.

Pode acontecer de estarmos vivendo um amor onde a parceria não corresponde na mesma intensidade. Pode acontecer de estarmos vivendo um amor proibido, onde o outro ou até mesmo você não estejam preparados para assumir este amor, e então terá como resultado a Dor, não a Paz. É hora de parar para sentir e ouvir o coração.

O remédio para corrigir esses desencontros chama-se auto-estima. Se não a tivermos, viveremos na ilusão fantasiosa de que um dia irá acontecer. E passam-se os dias, que se transformam em meses e até anos. E quando finalmente nos damos conta, a vida passou por nós. E ficamos na mesmice, estagnados, criando um lamaçal em nossos pés não nos deixando sair do lugar. E precisamos definir qual o melhor caminho, que poderá ser manter esse relacionamento após um acerto de situação, ou então cada qual seguir por um caminho. Para tanto, temos que ponderar muito, pois poderá ser algo definitivo.

Se nos amarmos, se olharmos para o espelho e vermos nele refletido alguém que apresenta o sorriso nos olhos, poderemos então finalmente distribuir felicidade, e seremos consequentemente felizes.

Fiquemos então atentos ao que diz o coração. E se for hora de mudança, a hora é Agora. Quando despertamos para um novo dia não sabemos se este poderá ser vivenciado por completo.
Abrir os olhos pela manhã já uma graça de Deus. Devemos agradecer essa graça vivendo cada minuto como se fosse o último. E ao vive-lo que seja com amor profundo, com o amor que nos fará profundamente felizes, mesmo que tenhamos que enfrentar grandes e constantes problemas.

Somente com amor valerá a pena ser vivida a Vida.
Ame-se, respeite-se e se for o caso...recomece.

Não estaremos sozinhos nunca, pois tem alguém velando por nossa felicidade. Existe Alguém que indica o caminho para a Felicidade. Creia no que pode ser invisivel para os olhos, mas será muito palpável para o Coração.

De o primeiro passo e acredite, pois a Vida lhe mostrará o caminho para a Felicidade.

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 11/02/2010


"Oração não é pedir.
É um anseio da alma.
É uma admissão diária das próprias fraquezas.
É melhor na oração ter um coração sem palavras
do que palavras sem um coração."
(Ghandi)

**Recadinho do Reino Encantado em 10/02/2010


"A verdade é dura como o diamante,
mas delicada como a flor de pessegueiro."
(Gandhi)

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

**A Pequena Alma e o Sol - Neale Donald Walsch


A Pequena Alma e o Sol

Era uma vez, em tempo nenhum, uma
Pequena Alma que disse a Deus:
— Eu sei quem sou!

E Deus disse:
— Que bom! Quem és tu?

E a Pequena Alma gritou:
— Eu sou Luz

E Deus sorriu.
— É isso mesmo! — exclamou Deus. — Tu
és Luz!

A Pequena Alma ficou muito contente,
porque tinha descoberto aquilo que todas as
almas do Reino deveriam descobrir.

— Uauu, isto é mesmo bom! — disse a
Pequena Alma.

Mas, passado pouco tempo, saber quem
era já não lhe chegava. A pequena Alma
sentia-se agitada por dentro, e agora queria
ser quem era. Então foi ter com Deus (o que
não é má idéia para qualquer alma que queira
ser Quem Realmente É) e disse:

— Olá Deus! Agora que sei Quem
Sou, posso sê-lo?

E Deus disse:
— Quer dizer que queres ser Quem já És?


— Bem, uma coisa é saber Quem Sou, e
outra coisa é sê-lo mesmo. Quero sentir como
é ser a Luz! — respondeu a pequena Alma.

— Mas tu já és Luz — repetiu Deus,
sorrindo outra vez.

— Sim, mas quero senti-lo! — gritou a
Pequena Alma.

— Bem, acho que já era de esperar. Tu
sempre foste aventureira — disse Deus com
uma risada. Depois a sua expressão mudou.
— Há só uma coisa...

- O quê? — perguntou a Pequena Alma.

— Bem, não há nada para além da Luz.
Porque eu não criei nada para além daquilo
que tu és; por isso, não vai ser fácil
experimentares-te como Quem És, porque não
há nada que tu não sejas.

— Hã? — disse a Pequena Alma, que já
estava um pouco confusa.

— Pensa assim: tu és como uma vela ao
Sol. Estás lá sem dúvida. Tu e mais milhões,
ziliões de outras velas que constituem o Sol. E
o Sol não seria o Sol sem vocês. “Não seria um
sol sem uma das suas velas... e isso não seria
de todo o Sol, pois não brilharia tanto. E no
entanto, como podes conhecer-te como a Luz
quando estás no meio da Luz — eis a
questão”.

— Bem, tu és Deus. Pensa em alguma
coisa! — disse a Pequena Alma mais
animada.

Deus sorriu novamente.
— Já pensei. Já que não podes ver-te como
a Luz quando estás na Luz, vamos rodear-te
de escuridão — disse Deus.

— O que é a escuridão? perguntou a
Pequena Alma.

— É aquilo que tu não és — replicou Deus.

— Eu vou ter medo do escuro? —
choramingou a Pequena Alma.

— Só se o escolheres. Na verdade não há
nada de que devas ter medo, a não ser que
assim o decidas. Porque estamos a inventar
tudo. Estamos a fingir.

— Ah! — disse a Pequena Alma, sentindo-se
logo melhor.

Depois Deus explicou que, para se
experimentar o que quer que seja, tem de
aparecer exatamente o oposto.

— É uma grande dádiva, porque sem ela
não poderíamos saber como nada é — disse
Deus — Não poderíamos conhecer o Quente
sem o Frio, o Alto sem o Baixo, o Rápido sem
o Lento. Não poderíamos conhecer a
Esquerda sem a Direita, o Aqui sem o Ali, o
Agora sem o Depois. E por isso, — continuou
Deus — quando estiveres rodeada de
escuridão, não levantes o punho nem a voz
para amaldiçoar a escuridão.
“Sê antes uma Luz na escuridão, e não
fiques furiosa com ela. Então saberás Quem
Realmente És, e os outros também o saberão.
Deixa que a tua Luz brilhe tanto que todos
saibam como és especial!”

— Então posso deixar que os outros vejam
que sou especial? — perguntou a Pequena
Alma.

— Claro! — Deus riu-se. — Claro que
podes! Mas lembra-te de que “especial” não
quer dizer “melhor”! Todos são especiais, cada
qual à sua maneira! Só que muitos
esqueceram-se disso. Esses apenas vão ver
que podem ser especiais quando tu vires que
podes ser especial!

— Uau — disse a Pequena Alma,
dançando e saltando e rindo e pulando. —
Posso ser tão especial quanto quiser!

— Sim, e podes começar agora mesmo —
disse Deus, também dançando e saltando e
rindo e pulando juntamente com a Pequena
Alma — Que parte de especial é que queres
ser?

— Que parte de especial? — repetiu a
Pequena Alma. — Não estou a perceber.

— Bem, — explicou Deus — ser a Luz é
ser especial, e ser especial tem muitas partes.
É especial ser bondoso. É especial ser
delicado. É especial ser criativo. É especial ser
paciente. Conheces alguma outra maneira de
ser especial?

A Pequena Alma ficou em silêncio por um
momento.
— Conheço imensas maneiras de ser
especial! — exclamou a Pequena Alma — É
especial ser prestável. É especial ser
generoso. É especial ser simpático. É especial
ser atencioso com os outros.

— Sim! — concordou Deus — E tu podes
ser todas essas coisas, ou qualquer parte de
especial que queiras ser, em qualquer
momento. É isso que significa ser a Luz.

— Eu sei o que quero ser, eu sei o que
quero ser! — proclamou a Pequena Alma com
grande entusiasmo. — Quero ser a parte de
especial chamada “perdão”. Não é ser especial
alguém que perdoa?

— Ah, sim, isso é muito especial,
assegurou Deus à Pequena Alma.

— Está bem. É isso que eu quero ser.
Quero ser alguém que perdoa. Quero
experimentar-me assim — disse a Pequena
Alma.

— Bom, mas há uma coisa que devias
saber — disse Deus.

A Pequena Alma já começava a ficar um
bocadinho impaciente. Parecia haver sempre
alguma complicação.

— O que é? — suspirou a Pequena Alma.

— Não há ninguém a quem perdoar.

— Ninguém? A Pequena Alma nem queria
acreditar no que tinha ouvido.

— Ninguém! — repetiu Deus. Tudo o que
Eu fiz é perfeito. Não há uma única alma em
toda a Criação menos perfeita do que tu. Olha
à tua volta.

Foi então que a Pequena Alma reparou na
multidão que se tinha aproximado. Outras
almas tinham vindo de todos os lados — de
todo o Reino — porque tinham ouvido dizer
que a Pequena Alma estava a ter uma
conversa extraordinária com Deus, e todas
queriam ouvir o que eles estavam a dizer.
Olhando para todas as outras almas ali
reunidas, a Pequena Alma teve de concordar.
Nenhuma parecia menos maravilhosa, ou
menos perfeita do que ela. Eram de tal forma
maravilhosas, e a sua Luz brilhava tanto,
que a Pequena Alma mal podia olhar para
elas.

— Então, perdoar quem? — perguntou
Deus.

— Bem, isto não vai ter piada nenhuma!
— resmungou a Pequena Alma — Eu queria
experimentar-me como Aquela que Perdoa.
Queria saber como é ser essa parte de
especial.
E a Pequena Alma aprendeu o que é
sentir-se triste.

Mas, nesse instante, uma Alma Amiga
destacou-se da multidão e disse:
— Não te preocupes, Pequena Alma, eu
vou ajudar-te — disse a Alma Amiga.

— Vais? — a Pequena Alma animou-se. —
Mas o que é que tu podes fazer?

— Ora, posso dar-te alguém a quem
perdoares!

— Podes?

— Claro! — disse a Alma Amiga
alegremente. — Posso entrar na tua próxima
vida física e fazer qualquer coisa para tu
perdoares.

— Mas porquê? Porque é que farias isso?
— perguntou a Pequena Alma. — Tu, que és
um ser tão absolutamente perfeito! Tu, que
vibras a uma velocidade tão rápida a ponto de
criar uma Luz de tal forma brilhante que mal
posso olhar para ti! O que é que te levaria a
abrandar a tua vibração para uma velocidade
tal que tornasse a tua Luz brilhante numa luz
escura e baça? O que é que te levaria a ti, que
danças sobre as estrelas e te moves pelo Reino
à velocidade do pensamento, a entrar na
minha vida e a tornares-te tão pesada a ponto
de fazeres algo de mal?

— É simples — disse a Alma Amiga. —
Faço-o porque te amo.

A Pequena Alma pareceu surpreendida
com a resposta.


— Não fiques tão espantada — disse a
Alma Amiga — tu fizeste o mesmo por mim.
Não te lembras? Ah, nós já dançamos juntas,
tu e eu, muitas vezes. Dançamos ao longo das
eternidades e através de todas as épocas.
Brincamos juntas através de todo o tempo e
em muitos sítios. Só que tu não te lembras. Já
fomos ambas o Todo. Fomos o Alto e o Baixo,
a Esquerda e a Direita. Fomos o Aqui e o Ali,
o Agora e o Depois. Fomos o Masculino e o
Feminino, o Bom e o Mau — fomos ambas a
vítima e o vilão. Encontramo-nos muitas
vezes, tu e eu; cada uma trazendo à outra a
oportunidade exata e perfeita para Expressar
e Experimentar Quem Realmente Somos.

— E assim, — a Alma Amiga explicou
mais um bocadinho — eu vou entrar na tua
próxima vida física e ser a “má” desta vez.
Vou fazer alguma coisa terrível, e então tu
podes experimentar-te como Aquela Que
Perdoa.

— Mas o que é que vais fazer que seja
assim tão terrível? — perguntou a Pequena
Alma, um pouco nervosa.

— Oh, havemos de pensar nalguma coisa
— respondeu a Alma Amiga, piscando o olho.
Então a Alma Amiga pareceu ficar séria,
disse numa voz mais calma:
— Mas tens razão acerca de uma coisa,
sabes?

— Sobre o quê? — perguntou a Pequena
Alma.

— Eu vou ter de abrandar a minha
vibração e tornar-me muito pesada para fazer
esta coisa não muito boa. Vou ter de fingir ser
uma coisa muito diferente de mim. E por isso,
só te peço um favor em troca.

— Oh, qualquer coisa, o que tu quiseres!
— exclamou a Pequena Alma, e começou a
dançar e a cantar: — Eu vou poder perdoar,
eu vou poder perdoar!
Então a Pequena Alma viu que a Alma
Amiga estava muito quieta.

— O que é? — perguntou a Pequena Alma.
— O que é que eu posso fazer por ti? És um
anjo por estares disposta a fazer isto por mim!

— Claro que esta Alma Amiga é um anjo!
— interrompeu Deus, — são todas! Lembra-te
sempre: Não te enviei senão anjos.
E então a Pequena Alma quis mais do que
nunca satisfazer o pedido da Alma Amiga.

— O que é que posso fazer por ti? —
perguntou novamente a Pequena Alma.

— No momento em que eu te atacar e
atingir, — respondeu a Alma Amiga — no
momento em que eu te fizer a pior coisa que
possas imaginar, nesse preciso momento...

— Sim? — interrompeu a Pequena Alma
— Sim?

A Alma Amiga ficou ainda mais quieta.
— Lembra-te de Quem Realmente Sou.

— Oh, não me hei-de esquecer! — gritou a
Pequena Alma — Prometo! Lembrar-me-ei
sempre de ti tal como te vejo aqui e agora.

— Que bom, — disse a Alma Amiga —
porque, sabes, eu vou estar a fingir tanto, que
eu própria me vou esquecer. E se tu não te
lembrares de mim tal como eu sou realmente,
eu posso também não me lembrar durante
muito tempo. E se eu me esquecer de Quem
Sou, tu podes esquecer-te de Quem És, e
ficaremos as duas perdidas. Então, vamos
precisar que venha outra alma para nos
lembrar às duas Quem Somos.

— Não vamos, não! — prometeu outra vez
a Pequena Alma. — Eu vou lembrar-me de ti!
E vou agradecer-te por esta dádiva — a
oportunidade que me dás de me experimentar
como Quem Eu Sou.

E assim o acordo foi feito. E a Pequena
Alma avançou para uma nova vida,
entusiasmada por ser a Luz, que era muito
especial, e entusiasmada por ser aquela parte
especial a que se chama Perdão.
E a Pequena Alma esperou ansiosamente
pela oportunidade de se experimentar como
Perdão, e por agradecer a qualquer outra
alma que o tornasse possível.
E, em todos os momentos dessa nova vida,
sempre que uma nova alma aparecia em cena,
quer essa nova alma trouxesse alegria ou
tristeza — principalmente se trouxesse tristeza
— a Pequena Alma pensava no que Deus lhe
tinha dito.
Lembra-te sempre,
— Deus aqui tinha sorrido —
não te enviei senão anjos.

Neale Donald Walsch

**Meus Preferidos - Quando Choram...J.J. Oliveira Gonçalves


Quando Choram...
J.J. Oliveira Gonçalves

Quando choram, teus olhos-esmeralda
Pingentes que eles são - lembrando o Mar
São mais belos, ainda, ó, Bem- Amada,
Chorando, assim silentes: meu cantar!

Quando choram teus olhos, meu Amor,
Eu quero mais ainda te abraçar!
Cada lágrima tua é minha Dor
E cada verso meu quer te afagar!

Por que choras, assim, ai, tão dolente
Sem motivo aparente - ou explicação?
(Só o sabe o feminino coração!)

Poetas, quem decifra essa Alma
Que chora de mansinho e só se acalma
Depois de conversar, (a sós!), co’a gente?

Porto Alegre, 06 de janeiro/2008. 18h38min - HS
www.jjotapoeta.art.br

**LINDO DIA 09/02/2010...é o que te desejo, a minha maneira


Penso agora no que posso ser se não sou uma marca.
Não quero ser apenas para mim, mas ser também para o outro que me contempla.
Reconheço que sou um Ser Único, independente, mas faço parte de uma Teia Cósmica.
Um fio simplesmente, mas é no conjunto dos fios que esta teia se torna Eterna.
Sou gente, sou humana, não um objeto inerte e por isso preciso do olhar do outro.
Carente? Dependente? Sim eu sou.
É no sentido de fraternidade que sou carente.
É no sentido de solidariedade que sou dependente.
Sim, eu sou carente, pois preciso de teu Amor para me sentir parte de um Todo.
Sim, eu sou dependente, pois preciso de tua aprovação para poder deixar minha marca na temporalidade.

Walkyria Garcia

**Recadinho do Reino Encantado em 09/02/2010


"A felicidade não é uma estação na qual chegaremos, mas sim uma forma de viajar."

(Margaret Lee Runbeck)